Tatá Aeroplano

Vida Ventureira – Álbum Completo

 

Em março de 2017, Bárbara Eugênia e Tatá Aeroplano entraram no estúdio Minduca junto com Dustan Gallas, Junior Boca, Bruno Buarque, Clayton Martin e Lenis Rino para gravar o disco “Vida Ventureira”, álbum de parcerias inéditas que conta a história de um casal pé na estrada viajando pelo mundo.

A dupla criou as canções na Fazenda Serrinha, em contato com a natureza dionisíaca e cercados de muita arte. As músicas surgiram inspiradas num roteiro de cinema, ideia proposta pela Bárbara, que convidou Tatá para compor em parceria as histórias desse disco.

Vida ventureira é um filme cantado, tocado, imaginado, musicado. É a saga de um casal que sai numa viagem de descobertas e libertação.

O disco narra acontecimentos e situações. Desde a saída cheia de surpresas, excitação, aquela sede de viver, passando por momentos de questionamento profundo, um retiro para dentro, vêm brigas e reconciliações, uma abertura de consciência, quebra de paradigmas até que chega ao final em uma grande catarse, eles finalmente encontram a “luz no fim do mundo”.

O disco foi arrajando e produzido coletivamente por Bárbara, Tatá, Dustan Gallas, Junior Boca e Bruno Buarque

 

Por Bárbara Eugenia

Era mais que natural ter o Tatá como parceiro nesse trabalho. Depois de tantos anos, tanta sintonia, Tatá seria o cara perfeito pra me ajudar a contar essa história.

E para amarrar com aquele laço bonito, chamamos Dustan Gallas e Junior Boca, fechando e reabrindo assim um ciclo que começou lá em 2009, na gravação do meu primeiro disco, o Journal de BAD.

Tatá foi gravar comigo e ficou encantado com a forma com que as gravações eram conduzidas, com a energia fluida e livre no estúdio, a onda boa. A partir de então, quando deu início a sua carreira solo, convidou justamente esse dupla genial pra fazer seus discos com ele. Já eu, fiquei sem eles na transição do primeiro pro segundo disco, mas agora voltamos todos a nos reunir, dessa vez trabalhando desde a criação coletiva dos arranjos, lá no estúdio Minduca do Bruno Buarque, com o auxílio luxuoso de Lenis Rino e prticipação especial de Clayton Martin.

Quanto à sonoridade do disco, imaginar a junção dos nossos trabalhos até hoje traz bastante do que se materializou aqui, todo o nosso fascínio pelas canções psicodélicas, de Gainsbourg a Secos e Molhados, os Mutantes da Rita Lee e Françoise Hardy, todo o Jupiter Maçã que invadiu nossas cabeças e almas muito tempo atrás, Tarantino, David Lynch, Win Wenders, Antonioni, a vida cotidiana, andar pelas ruas de São Paulo, conviver e trocar com gente de todo o Brasil, do mundo. Tudo isso tá lá. É a vida, são os processos. É a história de um casal fictício, mas poderia ser a história de qualquer um. Vâmo vivê!

 

Por Tatá Aeroplano

Vida Ventureira é um álbum de celebração! Que sorte e alegria gravar mais um disco ao lado desses rapazes incríveis em parceria com a Bárbara, amiga de muitas viagens, festas e carnavais, da qual sou fã de carteirinha. Que felicidade esse disco querida Mana!

A gente gravou tudo numa velocidade cósmica em estado de festa e loucura boa. Sempre baixam uns discos voadores no Minduca nesses períodos de gravinas e os nossos amigos de outras galáxias nos brindam com momentos inesquecíveis.

Dias loucos em São Tomé … nos aguardem … só nos resta dar um play nessa viagem voadora … Voa Vida Ventureira.