Tatá Aeroplano

  • 1 - Dylan Sings Bowie

    1
  • 2 - Japoteca

    2
  • 3 - Eh o Zizi

    3
  • 4 - Manifesto

    4
  • 5 - Sunday Squire

    5
  • 6 - Rachel

    6
  • 7 - Elétrons Medievais

    7
  • 8 - I Wanna Fuck

    8
  • 9 - Terrorist!?

    9
  • 10 - Runaway From The Picnic Majestic Titanic

    10

Jumbo Elektro – Terrorist!? The Last Album – 2009

Foi assim em seu inesperado surgimento, em 2003, a partir de ensaios da banda Cérebro Eletrônico que culminaram com uma anárquica temporada de shows na Torre do Doutor Zero, em São Paulo, e com a rápida criação de um público fiel; também foi diferente quase tudo no lançamento do primeiro álbum, “Freak To Meet You – The Very Best of Jumbo Elektro – The Ultimate Compilation” (Reco-Head, 2004). Era uma inédita “coletânea de estréia” meio rock, meio electro e que fez história na cena independente brasileira por suas músicas poderosas e grudentas (no bom sentido, é claro).

E será diferente agora, com a aguardadíssima chegada de “Terrorist!? The Last Album”. A banda promete mostrar aos fãs em primeira mão suas dez músicas e em seguida… tomar uma dose de chá de sumiço.

Sim, por mais uma série de suas tipicamente bizarras missões, envolvendo o combate a vilões intergaláticos de seriados japoneses, o aperfeiçoamento poliglota do embromation arcaico, entre outras tarefas, os seis componentes do Jumbo Ekeltro se desintegrarão após este concerto.

O retorno é prometido para “em breve”. Fontes que se recusam a revelar suas identidades garantem que esta volta ocorrerá no próximo carnaval. Outras juram que o indomável grupo paulistano não subirá num palco até a Copa de 2014.

Fato certo é que, entre o sucesso de “Freak to Meet You” e “Terrorist!?”, se passaram quase cinco anos, período que a banda enfrentou mudanças em sua formação (saíram o guitarrista Otto Van der Wander e o baterista Lê Cheval, entrou o baterista Sosa Lima) e aproveitou para maturar o seu novo repertório.

E se mantém características da primeira geração jumbônica, como o faro pop e a pegada disco-punk-baderneira, o novo conjunto de músicas denota também uma série de outras marcas desta segunda fase. Há melodias muito elaboradas e arranjos vocais ainda mais complexos, entre outras novidades notáveis de um álbum para o outro.

Mais orgânico que eletrônico (principalmente em relação a “Freak to Meet You”), “Terrorist!?” foi produzido pelo tecladista, vocalista e membro fundador Dimas Turbo (aka Dudu Tsuda). Ele cuidou para que os registros fossem fiéis aos arranjos de palco, e mesmo quando acrescentou belas orquestrações, o fez de forma condizente com as estruturas originais das músicas. O resultado é mais uma bolacha que deve marcar época.

Terrorist!? The Last Album 

produzido por Dudu Tsuda

 1 – Dylan Sings Bowie – Dimas Turbo / Hans Sakamura / Frito Sampler

 2 – Japoteca –Dimas Turbo / Dr. Gory / General Elektrik / Hans Sakamura / Frito Sampler

 3 – Eh o Zizi –Dimas Turbo / Dr. Gory / Hans Sakamura / Frito Sampler

 4 – Manifesto –Dimas Turbo / Dr. Gory / Hans Sakamura / Frito Sampler

 5 – Sunday Squire –Frito Sampler

 6 – Rachel –Dimas Turbo / Dr. Gory / Hans Sakamura / Frito Sampler

 7 – Elétrons Medievais –Dimas Turbo / Frito Sampler / Hans Sakamura / Zé Pi

 8 – I Wanna Fuck – Dimas Turbo / Dr. Gory / General Elektrik / Hans Sakamura / Sosa Lima / Frito Sampler

 9 – Terrorist!? –Dimas Turbo / Frito Sampler / Hans Sakamura / Zé Pi

 10 – Runaway From The Picnic Majestic Titanic – Dimas Turbo / Le Cheval / Otto Van Der Vander / Dr. Gory / Hans Sakamura / Frito Sampler

 

Contato: tata_aeroplano@yahoo.com.br

http://www.tataaeroplano.com.br


Error: Please enter a valid email address

Error: Invalid email

Error: Please enter your first name

Error: Please enter your last name

Error: Please enter a username

Error: Please enter a password

Error: Please confirm your password

Error: Password and password confirmation do not match