Tatá Aeroplano

Notícias do Tatá

O filme com Nick Cave dirigido por Wim Wenders e Emir Kusturica

a produtora de um festival internacional de cinema me liga dizendo que vai começar o filme dirigido pelo emir kusturica com o wim wenders
.
eu tinha esquecido completamente que ia rolar essa estreia importante. coloco uma roupa e subo a avenida angélica a pé até o lugar onde tá rolando o filme
.
ele está acontecendo num galpão que mais parece um rancho, todo de madeira, com um estacionamento de terra batida na frente
.
O filme já está no início … fico surpreso com o nick cave no papel principal … ele encarna um anarquista que toca numa casa de shows em alguma lugar dos estados unidos
.
numa certa hora da película ele se apresenta com os bad seeds … canções mais antigas que estão no “henry’s dreams” e “let love in”
.
ele canta uma música inédita muito linda, nessa hora ele está no palco com outro cara, que canta algumas frases dessa bela canção … dá pra sacar que o rapaz não sabe a hora que é pra entrar mas o nick cave leva de boa
.
um homem na plateia acompanhado do filho pequeno começa a xingar o nick cave … diz que a música dele é uma merda.
.
o nick cave termina a canção e desce do palco … só então percebo que não é um filme … ele pega um pedaço de madeira e parte pra cima do homem … dá umas pauladas neles … eu chego junto com a produtora pra apartar a briga
.
a produtora me pergunta se eu posso acompanhar o nick cave pois ela terá que acompanhar outro filme do festival junto com a francine ramos
.
eu digo que tudo bem … me despeço delas e fico imaginando se o nick cave sabe que a produtora não gosta do disco “no more shall we part”, ela tinha me confidenciado isso uns dias atrás na festa de aniversário do dudu tsuda
.
saímos pro estacionamento de terra e o nick cave me dá as chaves do carro dele, um fusca antigo creme, eu entro nele dou a partida enquanto ele ainda tenta dar mais uma porradas no cara que xingou ele
.
grito que não vale a pena ele perder tempo com briga … peço pra ele entrar no carro e me dou conta que estamos no fim da henrique schaumann com a avenida sumaré
.
ele assume a direção do fusca, coloca pra rolar uma fita cassete do álbum “let love in” … ficamos andando em círculos descendo a cardeal arco verde e subindo a teodoro
.
a canção “i let love in” fica rolando várias vezes
.
anoitece e entramos na madrugada … eu digo pro nick que adoro o disco “the boatman’s call” e ele disse que ainda vai gravar esse álbum
.
penso comigo … mas como isso? se já estamos em 2020
.
a gasolina do fusca acaba na teodoro com a faria lima e decidimos subir a teodoro a pé
.
o nick cave aperta um baseado e fumamos na rua que está bem movimentada … aquele movimento de fim de semana … galera galerando geral
.
paramos num bar de esquina bem antigo e encontramos o daniel belleza … ele diz que está indo pro picles que agora fica na esquina da teodoro com a fradique coutinho
.
entramos e damos de cara com o ale santo e o rafael castro que nos oferecem umas cervejas artesanais … brindamos com o belleza, o ale e o rafa e descemos para o lugar onde rolam os shows … um porão super da hora
.
o nick cave pega o celular pra avisar os bad seeds que quer fazer uma apresentação por lá
.
eu olho pro relógio e digo que tenho que gravar o programa a “hora do rango” com o colibri … mas volto mais tarde pra continuar com os caras na balada
.
perco a conexão
.
29 de maio de 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *